Como viabilizar uma consultoria financeira para o seu negócio.

Quando temos a sensação de que a nossa lucratividade poderia ser melhor, ou que nossas despesas estão elevadas demais, pode ser o momento de contar com o apoio de uma consultoria financeira.

Mais do que uma empresa que visa melhorar custos, uma consultoria financeira pode gerar melhorias de processos, potencializando o capital de inteligência e de execução de um negócio.

Mas como podemos viabilizar uma consultoria financeira, quando não há recursos para investir, ou existe resistência para o investimento?

O fato é que a consultoria financeira do seu negócio pode sair mais barato do que você imagina – e é o que vamos explorar neste artigo completo.


Por que é uma vantagem ter uma consultoria financeira por perto?

Uma grande parte dos empresários entende como um bom contador pode fazer toda a diferença para o seu negócio – afinal a contabilidade é uma ferramenta de gestão, e não apenas um modelo de administração fiscal.

O mesmo cabe à uma consultoria financeira que transforme o seu negócio para torna-lo mais rentável e financeiramente inteligente.

O fato de contratar uma consultoria, ou seja, colocar um serviço externo de olho nos seus gastos coloca o seu negócio numa posição de análise, pois, além de imparcial, uma consultoria financeira já tem o foco alinhado neste objetivo.

Além disso, a consultoria financeira conta com a expertise de compreender com maestria onde estão os gaps de um negócio, que podem ficar no ponto cego do trabalho rotineiro.

Por melhor que seja a sua gestão financeira, não há nada como alguém que não esteja envolvido no apego da rotina.

Então a consultoria financeira precisa ter o foco em transformar a sua empresa num negócio com maior inteligência de gestão.

Tipos de consultorias financeiras

Existem muitos tipos de consultorias financeiras – e especificamente falando de métodos, afinal uma empresa de consultoria financeira pode usar um ou mais modelos de análise e abordagens diferentes para chegar no resultado de economia financeira.

Os principais modelos que temos hoje no mercado são:

  • Consultorias de planejamento financeiro – Focada em diagnosticar e propor melhorias nos âmbitos de despesas e custos, além de abordar a distribuição de lucros no negócio.
  • Consultorias de Fluxo de caixa – São os modelos que visam garantir a
    rentabilidade da operação presente, e de olho no futuro e nas próximas
    decisões do negócio. É uma facilitadora de decisões, que também pode ajudar a reunir dados para favorecer um financiamento ou até propiciar uma decisão de venda da empresa.
  • Consultorias de preços – Atua tanto no modelo de precificação dos produtos como em abordagens baseadas em análise de mercado e posicionamento comercial.
  • Consultorias de produção – formalmente focadas nos processos produtivos, matérias-primas e na entrega dos produtos, é o modelo que vai abordar todo o ciclo de manufatura, encontrando gaps para melhorias de processos e também de custos
  • Consultorias de controles financeiros – É o modelo que tende justamente a
    caminhar mais próximo do contador, trabalhando especificamente sobre o
    aspecto fiscal de produtos.
  • Consultorias de investimentos – Uma parceira para apoiar a tomada de decisão sobre novos investimentos, pensando tanto em investimentos financeiros omo investimentos de estrutura ou ampliação de atuação.

Como viabilizar uma consultoria financeira

Quando falamos do mercado de consultorias e na iniciativa de contratar uma consultoria, não podemos evitar o assunto de custeio deste trabalho.

É óbvio que uma consultoria financeira deverá melhorar custos e despesas,
aumentando margens e lucratividade – mas nem sempre o valor de investimento para este serviço está realmente disponível.

Pensando nisso, algumas empresas de consultoria, como a SOUF, pensaram em um modelo inteligente de cobrança para seus serviços, e nesta demanda surgiu o que foi batizado de consultoria autofinanciável.

Na consultoria autofinanciável, o valor à ser investido pelo trabalho da consultoria não precisa ser pago para começar a executar o serviço – o pagamento é feito por um percentual do valor de economia gerado para a empresa.

É um modelo sustentável, afinal você não precisa ter dinheiro para investir, mas apenas a oportunidade de melhorar processos e gerar economia nas contas – e, desta economia gerada, é feito o pagamento.

Um modelo inteligente, para um mundo cada vez mais dinâmico.

E agora, uma consultoria financeira se tornou mais viável para o seu negócio?


Gostou? Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Vamos falar sobre seu negócio?

Clique abaixo para conversarmos.

×